Páginas

segunda-feira, 21 de julho de 2008

Abraço


Eu me sinto tão bem em teus braços, é um calor humano, uma dádiva, um aquecedor, uma proteção, são os melhores braços para mim, me dão carinho, apoio, força, coragem, assim.. Com um simples abraço. Eu sei não são só os braços, na verdade isso vem de você, só de olhar nos fundos dos teus olhos eu consigo seguir em frente, consigo acertar o meu alvo, consigo caminhar de cabeça erguida, você é tão tudo pra mim, meu chão, porto seguro, colo desejável.
Você me diz que sou sua pequena, e que não devo crescer que devo permanecer assim, e como você mesmo gosta de dizer ‘minha pequenininha’, mesmo crescendo, a pequena continuara pra sempre comigo, como seus braços aconchegantes, que mesmo longe eu ainda sentirei junto a mim, me acolhendo, me ajudando.. Abraçando-me, como sempre fez.
Eu sei que um dia esse abraço estará longe de mim, mas sempre, sempre lembrarei e o sentirei tudo tão real, que é como se você estivesse ao meu lado.
Obrigada por me proporcionar O MELHOR ABRAÇO DO MUNDO!

Carol Ferraz

Nenhum comentário: